Candidatos querem aproximar militantes à liderança do PSD/Açores

Alexandre Gaudêncio e Pedro Nascimento Cabral, candidatos a líder do PSD/Açores, defendem maior proximidade do líder social democrata com os militantes e simpatizantes da região, embora propondo diferentes formas de o atingir.

Hoje, a candidatura de Pedro Nascimento Cabral defendeu que o PSD/Açores “precisa de um presidente a tempo inteiro”, numa referência à candidatura de Gaudêncio, atual autarca da Ribeira Grande.

Só com dedicação exclusiva, defende Nascimento Cabral, é possível ao presidente do PSD/Açores “estar junto dos seus militantes, dos autarcas e dos deputados” eleitos “desde Santa Maria até ao Corvo”.

Alexandre Gaudêncio, por seu turno, anunciou na segunda-feira a intenção de criar um gabinete de apoio ao militante caso vença as eleições diretas do partido, marcadas para 29 de setembro.

O disponibilizar de “serviços jurídicos”, além de “apoio técnico para os eleitos localmente”, com o propósito de “facilitar a ação dos deputados quer nas assembleias de freguesia quer nas municipais”, são parte dos objetivos do candidato com a criação deste gabinete.

As eleições internas do PSD/Açores foram agendadas para o dia 29 de setembro, depois de o atual líder regional, Duarte Freitas, ter anunciado que estava de saída por falta de “condições pessoais e familiares” para permanecer no cargo.

 

 

Lusa/+central

 

Link permanente para este artigo: http://maiscentral.com.pt/candidatos-querem-aproximar-militantes-a-lideranca-do-psd-acores/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.