BE quer mais médicos e enfermeiros no Serviço Regional de Saúde

BE FloresA coordenadora do Bloco de Esquerda (BE) Açores criticou hoje o Governo Regional por ter piorado, ao longo desta legislatura, as condições de acesso aos cuidados de saúde na Região.

“Houve um racionamento na saúde pública e um esbanjamento em apoios públicos a projetos privados de saúde”, afirmou Zuraida Soares na ilha das Flores, após uma visita ao Centro de Saúde de Santa Cruz, mostrando-se solidária com os enfermeiros em greve e defendendo o aumento do investimento na Saúde.

Numa unidade de saúde onde todos os enfermeiros aderiram à greve, a também candidata às eleições regionais de outubro colocou-se ao lado destes profissionais de saúde na defesa das suas reivindicações.

“Os enfermeiros estão a ser discriminados pelo Governo Regional. Não é por acaso que a greve se realiza apenas nos Açores”, constatou.

Além das reivindicações dos enfermeiros em greve, que estão relacionadas com a reposição do tempo de serviço congelado, regresso às 35 horas semanais em igualdade de circunstâncias com a restante função pública e o tratamento igual de enfermeiros dos centros de saúde e dos hospitais, Zuraida Soares defendeu também o fim do recurso abusivo aos estágios.

“O Governo recusa-se a reconhecer a competência dos enfermeiros que se acabam de formar, porque se o fizer vai ter que lhes reconhecer direitos e pagar mais”, criticou.

O Bloco de Esquerda defende o reforço do investimento na saúde pública, a começar pelo aumento do número de médicos e enfermeiros efetivos.

Alexandra Manes, cabeça de lista do BE na ilha das Flores, aponta o acesso aos médicos de especialidade como a grande lacuna da Saúde nas ilhas sem hospital.

“Vêm poucos especialistas à Flores, os médicos que vêm, ficam pouco tempo e não dão respostas às necessidades dos utentes, além disso, a espera pela marcação de exames é enorme”, lamentou a candidata.

Manes mostra-se como “um exemplo da falta de oportunidades que há na ilha”, afirmando ser “natural das Flores, saí para estudar, mas não tive oportunidades quando quis voltar para trabalhar e viver”.

“A ilha das Flores só teria a ganhar com a eleição de mais uma deputada do Bloco de Esquerda”, refere sem dúvidas.

 

 

 

 

Foto: BE Açores

GI BE/+central

 

Link permanente para este artigo: http://maiscentral.com.pt/be-quer-mais-medicos-e-enfermeiros-no-servico-regional-de-saude/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.