Jan 05 2018

BE defende manutenção da SATA como empresa pública mas “com gestão competente”

O grupo parlamentar do Bloco de Esquerda, no parlamento dos Açores, defendeu hoje a manutenção da SATA como empresa pública, “com uma gestão competente”, apontando a hipótese de existir uma capitalização pública.

A privatização da SATA, já anunciada pelo Governo Regional, “é sinónimo de pior serviço e redução de postos de trabalho”, alertou António Lima, após reunião com a Comissão de Trabalhadores da companhia aérea.

O deputado demonstrou grande preocupação pela atual grave situação financeira da SATA, e não tem dúvidas de que a responsabilidade é da “má gestão prolongada das sucessivas administrações” nomeadas pelo executivo regional.

“A privatização não é solução para a SATA”, reiterou António Lima, salientando que “quem vier investir na SATA, certamente não vem só para pôr o dinheiro sem passar a ter o controlo sob a empresa”.

 

 

 

 

Foto: BE Açores

GI BE/+central

 

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.