Autarcas do PSD na Terceira criticam políticas regionais de acessibilidades à ilha

Os vereadores do PSD nos municípios de Angra do Heroísmo e Praia da Vitória condenaram veementemente as decisões do Governo Regional no setor dos transportes, considerando “que são um forte impedimento ao investimento, empreendedorismo e revitalização económica de ambos os Concelhos da Ilha Terceira”.

Cláudia Martins, vereadora na autarquia praiense, relembrou que “lamentavelmente, em menos de um ano, fomos abandonados pelas nossas transportadoras aérea e marítima”.

“A aliar aos cancelamentos dos voos da TAP verificados ao longo desta semana e às previsões de greve na Ryanair para os próximos dias, o nosso Governo, num momento que é de particular emergência para a economia da ilha Terceira, não se coibiu de deixar os municípios locais sozinhos na dinamização e captação de fluxos turísticos”, acrescentou a autarca.

A social democrata praiense lamentou ainda que “ao contrário do que está garantido no PREIT, com medidas como o reforço da operação da Azores Airlines e da SATA Air Açores na Base das Lajes, a política de transportes vigente tem revelado total ignorância sobre os problemas enfrentados pelas duas autarquias, ainda fruto da redução do contingente militar norte-americano”.

Desde outubro de 2017, a Terceira assistiu ao fim das rotas Terceira-Madrid-Terceira e Terceira-Porto-Terceira, que eram operadas pela SATA. Assim como à suspensão da Linha Lilás, ligação marítima até então garantida pela Atlânticoline.

Para Marcos Couto, vereador na Câmara Municipal de Angra do Heroísmo, “não nos adianta propor e discutir grandes projetos e investimentos turísticos para ambos os municípios, se depois, no que é essencial, estamos à mercê da inconstância e do desprezo de duas empresas públicas regionais. As autarquias da ilha Terceira estão a ser prejudicadas pela gestão danosa dessas empresas, que são públicas, e portanto pagas também com o dinheiro quer dos angrenses, quer dos praienses, também eles açorianos”

“No passado, Angra e Praia, manifestaram-se em relação ao fim da rota aérea Terceira-Porto-Terceira, operada pela SATA, demonstrando o prejuízo que tal decisão iria causar nos dois municípios. Consideramos que devem ser retomadas não só essa ligação ao Porto, como a Linha Lilás pela Atlânticoline, e que os executivos de ambas as autarquias se mantenham ao nosso lado nestas reivindicações que nos são comuns”, defendeu o social democrata angrense.

Os dois vereadores terminam as suas declarações afirmando que têm acompanhado “com apreensão” as recentes discussões sobre este assunto e “condenam a postura do Governo Regional e dos deputados terceirenses eleitos pelo PS que lhe prestam vassalagem na Assembleia Regional, pois não só têm desrespeitado as duas autarquias terceirenses, como têm proferido declarações que em nada defendem os interesses dos cidadãos de ambos os concelhos”, concluíram.

 

 

 

 

Foto: Direitos Reservados

GI PSD/+central

 

Link permanente para este artigo: http://maiscentral.com.pt/autarcas-do-psd-na-terceira-criticam-politicas-regionais-de-acessibilidades-a-ilha/

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.