António Ventura acusa: SATA serve para “criar empregos” e “rotas políticas”

O deputado do PSD/Açores na Assembleia da República denunciou que os governos socialistas protegeram politicamente a SATA, com o intuito de “criar empregos” e “rotas políticas”.

“O governo do PSD/CDS-PP liberalizou o espaço aéreo nos Açores contra a vontade do governo regional, que queria proteger a SATA e usá-la como instrumento político”, afirmou António Ventura.

Criticando a postura do grupo parlamentar do PS, o social democrata realçou que quando se fala do Plano de Revitalização Económica da Ilha Terceira (PREIT), a única coisa que os socialistas têm a dizer é que o turismo aumentou.

“Ainda bem que aumentou, graças ao governo do PSD/CDS-PP, que liberalizou o espaço aéreo”, salientou.

Analisando a atuação dos governos de Carlos César e José Socrates, António Ventura constatou que ambos nunca conseguiram esta liberalização.

“Até 2015, havia um outdoor nos Açores que dizia: César e Sócrates, juntos conseguimos. Então porque nunca conseguiram”, questionou, acrescentando que nunca o quiseram fazer.

No entender do deputado açoriano, “limitaram sempre a economia dos Açores”, para “proteger politicamente a SATA”, que “serve de instrumento para criar empregos” e “rotas políticas”.

António Ventura salientou que “não há mais nenhuma medida do PREIT que tenha sido cumprida”, exigindo aos deputados socialistas, eleitos pela Região, que “façam o seu trabalho”, fiscalizando o cumprimento do plano de revitalização.

“Não arranjem desculpas administrativas. A abrangência e responsabilidade política, económica e social do PREIT envolve todo o governo da República”, afirmou, acrescentando que “quem foge a essa responsabilidade está a prestar um mau serviço aos terceirenses”.

 

 

 

 

+central

 

Link permanente para este artigo: http://maiscentral.com.pt/antonio-ventura-acusa-sata-serve-para-criar-empregos-e-rotas-politicas/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.