Air Center: foi um ar que se lhe deu — Opinião de Francisco Câmara

O Air Center foi anunciado como o grande projeto para mitigar a redução das forças militares na Base das Lajes. Face ao duro impacto económico da redução americana na que na Terceira, muito em particular no concelho da Praia da Vitória, esta era a notícia que todos queriam ouvir.

Em setembro de 2016, em plena campanha eleitoral, Vasco Cordeiro clamava que o projeto do Azores Air Center, seria “um importante contributo para gerar um novo setor de criação de riqueza e de geração de emprego na Terceira”.

De lá para cá, tudo começou a desvanecer à volta do Air Center assentar arraiais na Terceira, e o discurso começou a mudar. Afinal, ficará nos “Açores”, coisa que os Terceirenses sabem muito bem o que quer dizer. Em plenas conclusões do Encontro Internacional sobre o Air Center, decorrido na Terceira em abril de 2017, Vasco Cordeiro já só falou do grande potencial para a projeção dos Açores, enquanto criticava quem se preocupava se a sede do mesmo ficaria na Terceira.

Ainda assim, acontece que, quando foi anunciado o primeiro investimento conhecido do projeto Açores Air Center, afinal o mesmo foi localizar-se no Minho, com a instalação de um supercomputador, sem qualquer esforço ou diligência para que o referido equipamento fosse instalado na região e sem consulta à Universidade dos Açores.

Daí para cá, começou a perceber-se que isto do Air Center não ia correr bem para a Terceira, nem sequer para os Açores.

Ainda assim, sabe-se agora, que vamos mesmo ter uma sede do Air Center na Terceira. Uma sede administrativa, com pouca gente.

Razão para perguntar, como fica o grande projeto para mitigar a redução das forças militares na Base das Lajes?

De tudo isto se vê que não existia uma estratégia do governo regional para o projeto Azores Air Center e que tudo, mais uma vez, não passou mesmo de propaganda eleitoral.

 

Link permanente para este artigo: http://maiscentral.com.pt/air-center-foi-um-ar-que-se-lhe-deu-opiniao-de-francisco-camara/

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.